O desconcertante chamado de Deus




Deus chamou Jesus Cristo para o que parecia um fracasso absoluto. Jesus chamou seus discípulos para assistirem à sua morte; levou cada um deles a um profundo quebrantamento. A vida de Cristo foi um fracasso total sob o ponto de vista de todo o mundo, menos do de Deus. Mas, o que aos homens parecia fracasso, foi um extraordinário triunfo do ponto de vista divino, porque o propósito de Deus nunca é o propósito do homem.
O desconcertante chamado de Deus chega também até nós. Esse chamado nunca pode ser declarado explicitamente; ele é implícito. É como o chamado do mar - ninguém o ouve, a não ser a pessoa que tem em si a natureza do mar. Não se pode explicar de maneira definida a razão do chamado de Deus, porque ele nos chama para sermos companheiros dele, visando aos seus próprios objetivos; e o teste desse chamado consiste em crer que Deus sabe o que quer; que as coisas que acontecem não acontecem por acaso, e sim totalmente por determinação de Deus. Deus está desenvolvendo os seus objetivos.
Se estivermos em comunhão com Deus e reconhecermos que ele está nos incluindo em seus planos, não mais insistiremos em descobrir quais são. À medida que crescemos na vida cristã, ela vai se tornando mais simples, porque ficamos menos inclinados a perguntas: "Por que Deus permitiu aquilo?" Por trás de tudo está a força constrangedora de Deus. Cristão é aquele que confia na sabedoria de Deus, e não em seus próprios juízos. Se tivermos planos próprios, isso destruirá a simplicidade e a descontração que devem caracterizar a vida do filho de Deus.

Tudo para Ele, Oswald Chambers

Governar, por Douglas Adams




O principal problema — um dos principais problemas, pois há vários —, um dos principais problemas em governar pessoas está em quem você arruma para fazê-lo; ou melhor, em quem consegue arrumar pessoas que lhe permitam fazer isso com elas.
Resumindo: é um fato bem conhecido que as pessoas que mais querem governar as pessoas são, por isso mesmo, as menos convenientes para isso.
Resumindo o resumo: qualquer pessoa capaz de se fazer presidente não deveria, em nenhuma hipótese, ter permissão de receber esse emprego.
Resumindo o resumo do resumo: as pessoas são um problema.
E então esta é a situação que encontramos: uma sucessão de Presidentes Galácticos que curtem tanto as diversões e adulações que têm por estarem no poder que muito raramente percebem que não estão.
E alguém nas sombras atrás deles... quem?
Quem pode governar se ninguém que queira fazê-lo pode ter permissão para isso?

__________

Apesar de não concordar com tudo isso, é uma visão bem legal de governo. Li em O Restaurante no Fim do Universo, extraído do Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams.

Dependência



Mas os que esperam no Eterno renovam suas forças. Abrem asas e voam alto como águias, correm e não se cansam, andam e não ficam exaustos. Isaías 40.31

Não sentimos nenhuma emoção ao andar; andar é um teste para os tributos da estabilidade e equilíbrio. "Caminhar e não se fatigar" é o limite máximo da força física. A palavra "andar" é usada na Bíblia para expressar o caráter. Não há nada de abstrato na Bíblia, ela é sempre viva e real. Deus não diz: "Sê espiritual", mas "Anda na minha presença".
Quando estamos em más condições físicas ou emocionais, buscamos sempre experiências emocionantes. No plano físico, isso leva a falsas manifestações do Espírito Santo; na vida emocional à destruição da moralidade e a afeições desordenadas; e no plano espiritual, se insistirmos em ter sensações, em "subir com asas", acabaremos destruindo a espiritualidade.
A realidade da presença de Deus não depende do lugar onde estamos, mas apenas da determinação de colocarmos sempre o Senhor diante de nós. O problema começa quando nos recusamos a contar com a realidade da sua presença. Poderemos conhecer a experiência de que fala o salmista: "Portanto, não temeremos, ainda que..." quando nos basearmos na realidade; não na consciência da presença de Deus, mas na realidade dela: "Ora, ele estava aqui o tempo todo!"
Em momentos críticos, é necessário pedir orientação de Deus, mas não deveria ser necessário estar sempre dizendo: "Oh, Senhor, dirige-me nisso e naquilo." É claro que ele o fará! Se as nossas decisões, tomadas com sensatez, não estiverem de acordo com a vontade de Deus, ele fará o que for preciso para nos revelar isso; aí o que temos a fazer é ficar quietos e esperar pela orientação da sua presença.

(Extraído de Oswald Chambers - Tudo para Ele, devocional do dia 20 de julho)
 

Blog do JezZ

Bem vindo a esse meu humilde blog. Aqui postarei alguns textos que vai saindo dessa minha mente meio doida, mas que tem muito a abençoar. Peço que estejam orando por mim e todos os meus planos. Obrigado e volte sempre!!

Images Gallery

pix pix pix pix pix pix

Total de visualizações de página